0:00
0:00

Continuação de conflito na Síria preocupa situação humanitária no país

(Português do Brasil) Depois de 8 anos de conflitos, os serviços essenciais do país encontram-se extremamente frágeis.

Continuação de conflito na Síria preocupa situação humanitária no país

(Português do Brasil) Depois de 8 anos de conflitos, os serviços essenciais do país encontram-se extremamente frágeis.

Evandro Almeida Jr

São Paulo 15/10/19

Fabrizio Carboni, diretor regional para o Oriente Médio do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), explica que a possibilidade de escalada do conflito no nordeste da Síria preocupa.

Já são 11,7 milhões de pessoas que requerem ajuda humanitária. “Hoje, centenas de milhares de pessoas nessa área – seja em centros de detenção, ou em suas próprias aldeias e cidades – enfrentam novamente a perspectiva de mais conflitos”, explica.

Depois de 8 anos de conflitos, os serviços essenciais do país encontram-se extremamente frágeis. A metade dos estabelecimentos de saúde da Síria não funciona, ou funciona parcialmente.  Mais de 2 milhões de crianças não podem ir à escola, o que lança mais uma sombra sobre o futuro do país.

No nordeste da Síria (nas províncias de Hassakeh, Raqqa e Deir Ezzor), atualmente mais de 100 mil pessoas se encontram alojadas em campos de refugiados. Grande maioria são sírios e iraquianos.

Há também mais de 68 mil pessoas morando somente no campo Al Hol – dois terços delas são crianças –, onde o CICV administra um hospital de campanha.

Cidade de Al-Hol ou Al-Hawl no nordeste da Síria

  • Compartilhe: